Papa Bento XVI terá conta no Twitter em 3 de dezembro

27-11-2012 21:43 nenhum comentáriopublicado por "Aloísio Costa" em 27 de novembro de 2012 - 12:21

Papa Bento XVI terá conta no Twitter em 3 de dezembro

Sumo pontífice acredita que Igreja deve usar internet para divulgar Evangelho

“O papa durante missa na Basílica de São Pedro em 25 de novembro.” (Foto: Tony Gentile/Reuters)

O papa Bento XVI vai abrir, a partir de dezembro, uma conta no Twitter, que será apresentada oficialmente no dia 3, informou nesta terça-feira o Vaticano. Embora Bento XVI não navegue na internet, como revelou Federico Lombardi (porta-voz do Vaticano), pede com frequência a seus colaboradores que realizem buscas pela rede.

A presença do papa no Twitter será apresentada dia 3 pelo arcebispo Claudio Maria Celli, presidente do Conselho Pontifício das Comunicações Sociais; pelo secretário do órgão, Paul Tighe; por Lombardi; pelo diretor do L’Osservatore Romano, Gian María Vian; e pelo novo assessor de comunicação, Greg Burke.

Por enquanto não se sabe o nome da conta de Bento XVI e é pouco provável que ele escreva diretamente os pequenos textos de no máximo 140 caracteres. Segundo fontes vaticanas, o papa apenas os aprovará antes de serem lançados na rede.

O sumo pontífice, de quase 86 anos, não é novo no uso do Twitter, já que no ano passado inaugurou o portal multimídia de internet do Vaticano, News.va, com uma mensagem através da rede. “Queridos amigos, acabo de lançar o News.va. Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo! Com minhas orações e bençãos”, escreveu o papa na rede. Bento XVI tuitou usando um tablet de última geração.

Internet – O papa está convencido de que a Igreja tem que usar todos os meios de comunicação a seu alcance para divulgar o Evangelho. Em uma mensagem enviada aos jovens por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, o papa lhes disse que eles têm que usar a internet para apresentar Cristo ao mundo.

Nessa linha, além de usar a rede para divulgar as atividades do papa, a Igreja e a Santa Sé, há três anos o Vaticano criou um site conectado com a rede social Facebook, através da qual os usuários podem trocar postais virtuais do papa, discursos e mensagens do pontífice. Através desse site também podem receber notícias em formato vídeo sobre o Vaticano e o papa, na mesma linha do YouTube, onde o Vaticano também está presente.

Fonte: veja.abril.com / Com agência EFE